Música nas Igrejas

Tópico: j.s. bach

Tal pai, tal filho – J.S. Bach e W.F. Bach

abr.10, 2010

O programa homenageia Wilhelm Friedemann Bach – o filho mais velho do grande Johann Sebastian – pelos 300 anos de seu nascimento. WIlhelm Friedemann foi iniciado à música pelo pai, como prova o Caderno de obras onde o velho Bach anotou, pela primeira vez, o Prelúdio mais famoso de toda a sua obra para teclado, que depois inspirou a Ave Maria de Gounod.

J.S. Bach (1685 – 1850) escreveu a maior parte de suas obras para o cravo e o órgão. Porém conheceu o pianoforte – o antecessor do piano moderno – na época em que escreveu a Oferenda Musical, em 1747, apenas tres anos antes de morrer. A obra tem sua origem num encontro entre Bach e Frederico II, na residência do rei em Potsdam, em cuja corte trabalhavva o outro filho de Bach, Carl Philipp Emanuel. Frederico queria mostrar a Bach uma novidade. O pianoforte havia sido inventado em 1726 pelo italiano Bartolomeo Cristofori e o rei possuia esse instrumento experimetal, o primeiro que Bach conheceu. Bach, que era bem conhecido por seu talento na arte da improvisação, recebeu um tema, o Thema Regium (”tema do rei”), para improvisar uma fuga, a partir do qual escreveu dois ricercares, 10 cânones e uma sonata.

Robert Hill

Robert Hill

Robert Hill apresenta o Ricercar a 3 que, provavelmente, foi tocado pela primeira vez no pianoforte de Frederico II.

Discípulo de Gustav Leonhardt, Robert Hill obteve o diploma de solista no Conservatório de Amsterdam em 1974, seguindo-se o Doutorado em Harvard com tese sobre a música de Bach para teclado. J. S. Bach e W. F. Bach estão entre os principais compositores gravados por Robert Hill, que dedicou a eles mais de 10 CDs, para os selos Hänssler Classics, Naxos, MDG, DG-Archiv, Olympia e Music&Arts.

Vencedor dos Prêmios Erwin Bodky (1982), NEA SoloRecitalist (1983), e Noah Greenberg (1988), suas gravações mais recentes foram distinguidas com os prêmios Deutschen Schallplattenkritik (2001), Cannes Classical Award (1999) e Diapason d’Or (2008).

Deixe seu comentário :, , , mais...

Barroco para Crianças: Bach e seus filhos

mar.12, 2010

J.S, Bach e seus filhos Wilhelm Friedemann e Carl Philipp Emanuel, e mais os brasileiros Ernesto Nazareth e Villa-Lobos estão na partitura do programa Barroco para Crianças: Bach e seus filhos, com José Staneck e Josiane Kevorkian.

José Staneck

José Staneck

O gaitista José Staneck desenvolve um estilo próprio onde elementos tanto da música de concerto quanto da música popular brasileira e do jazz se fundem a serviço de uma sonoridade e expressividade marcante.

Em 2006, lançou seu primeiro CD solo, A Poética de Uma Harmônica Brasileira e em 2009 o CD Tributo a Guerra-Peixe, no âmbito do projeto que realizou a catalogação da obra do mestre, disponível no endereço www.guerrapeixe.com. Dirigiu por 15 anos a Musiarte – Curso Integrado de Música , importante trabalho na área do ensino. Atualmente viabiliza um programa social de inclusão cultural em comunidades carentes e projetos sociais do Rio, que leva a música às crianças através do ensino da gaita.

Josiane Kevorkian

A pianista Josiane Kevorkian estudou com Pascal Rogé no Centre International de Formation Musicale em Nice; em 1995, formou com Patrícia Bretas o Duo Pianístico Bretas-Kevorkian, com recitais no Brasil e no exterior. Em 2002, as pianistas lançaram o CD Bretas-Kevorkian com obras inéditas brasileiras para piano a 4 mãos e para 2 pianos, além da versão original para 4 mãos de A Sagração da Primavera, de Stravinsky. Atualmente, é diretora cultural da Casa de Artes Paquetá, onde coordena o projeto Bem Me Quer Paquetá, trabalhando pelo desenvolvimento artístico e cultural de crianças e jovens. Promove e participa de concertos didáticos para escolas públicas do Rio de Janeiro, através de parcerias com a Funarte e com a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro em várias Lonas Culturais da cidade.

Deixe seu comentário :, , , , , , , , , mais...

Procurando algo?

Use o campo abaixo para procurar pelo site:

Ainda não achou? Deixe um comentário ou entre em contato!

Arquivos

Todas as entradas, em ordem cronológica